Notícias
VAGÕES DE TREM ABANDONADOS SE TORNARÃO HOSTELS

Se os jovens tivessem à disposição um número maior de espaços culturais e pacotes turísticos mais convenientes, talvez reservassem uma parte menor do seu tempo para se comunicar pelas redes sociais e compartilhassem mais experiências pessoalmente.

Pensando nisso, a Associação Italiana para Albergues da Juventude (AIG) e as Ferrovias do Estado Italiano (FS) assinaram um protocolo trimestral para o turismo social e se prontificaram em criar projetos de reestruturação de edifícios e vagões de trens não mais usados. O objetivo é transformá-los em acomodações turísticas destinadas a jovens e famílias, que geralmente são mais econômicos.

A iniciativa visa a favorecer o turismo e a integração social dos jovens, que apresentam uma demanda de mobilidade consciente em relação aos bens comuns, às pessoas, às culturas locais e à sustentabilidade.

Até junho de 2015, os grupos FS e AIG discutirão sobre a disponibilidade imobiliária nas áreas de maior interesse turístico, de estações e vagões de trens não mais usados a antigas lojas de departamento. Depois disso, as duas partes elaborarão projetos de iniciativas turísticas que serão desenvolvidas em conjunto.

"Nós sempre consideramos que o trem é um lugar de partilha, assim como um hostel", afirmou a presidente da AIG, Anita Baldi, durante a cerimônia de assinatura do protocolo. "Uma viagem é um momento de crescimento, de educação e de reunião, sobretudo em uma época em que os jovens tendem a se isolarem dentro de celulares e tablets", explicou.

Fonte: Ansa Brasil

Leia Também
VEJA MAIS
Cadastre-se
Receba Informações do Comites