Talian – Legado de patrimônio cultural da imigração italiana no Brasil

Em comemoração ao Dia Nacional do Imigrante Italiano (21 de fevereiro) o Comites de São Paulo através de sua Comissão Cultura apresenta o encontro: Talian – Legado de patrimônio cultural da imigração italiana no Brasil

A Comissão Cultura tem por principal objetivo divulgar e realizar eventos culturais que envolvem a comunidade italiana. Neste dia, em especial, pretende mostrar um dado cultural de grande importância: o talian, dialeto vêneto que chegou com os primeiros imigrantes no Brasil e até hoje tem falantes de uma língua modificada pelo tempo e pela contribuição linguística do português e um pouco do espanhol, posto que as primeiras colônias italianas brasileiras estavam localizadas no Rio Grande do Sul, estado limítrofe a países de colonização espanhola.
Segundo a Wikipedia o talian é a segunda língua mais falada no Brasil, após o português, sua língua oficial. Estima-se que cerca de meio milhão de pessoas fala talian. Dados do último censo do IBGE informam que os falantes de talian em solo brasileiro somam maior contingente que todos os indígenas, nossos povos autóctones. Consta que há 180 grupos de falantes de talian contra 30 de indígenas. Infelizmente foi retirada da pesquisa a pergunta: Que língua vc fala em sua família?

São muito interessantes os aspectos que envolvem esta língua tão utilizada ainda hoje e, por esta principal razão decidimos fazer este encontro, no dia de hoje, com três pessoas com experiências íntimas no uso do talian para nossa maior informação. Temos o imenso prazer de receber:

  • Dalva Bento
  • Fernando Roveda
  • Silvio Paniz

Encontro gravado em 30 de janeiro de 2021
Realização Comissão Cultura do Comites São Paulo
Presidente Com.Cultura: Rosalie Gallo